foto fundao voluntarios

 

 
HISTÓRICO DA FUNDAÇÃO DO NAEFA

 Em 2003, um grupo de alunos da Escola de Aprendizes do Evangelho do Centro Espírita Fraternidade do Ipiranga (CEFI), com outros voluntários, resolveram fundar um Centro Espírita. A Diretoria do CEFI incentivou para esta iniciativa.

 Marcou-se uma reunião na casa do Sr. Edson T. Quatrocchi, ainda no mês de Junho de 2003, para as primeiras decisões. 

 Por sugestão do Sr. Floremil Villas Boas fomos ver um imóvel para alugar na Rua Mil Oitocentos e Vinte e Dois, Nº 473ª. O estado deste imóvel era desanimador, como poderá ser observado nas nossas fotos da fundação. Os cupins tinham tomado conta do imóvel e telhados, pisos e paredes estavam extremamente deteriorados.

 Com coragem e muita disposição aceitamos o desafio e negociamos o aluguel e arregaçamos as mangas. Parte do grupo poderá ser vista na foto da fundação.

 Um dos aspectos interessantes envolvidos no processo de fundação aconteceu com a escolha do nome do Centro. Depois de muitas sugestões e depois de muita inspiração surgiu a idéia de ligar o Centro a Francisco de Assis. Houve a aprovação unânime do grupo. 

 No dia 30 de Julho realizamos a Assembléia de Fundação e marcamos a inauguração para o dia 4 de Outubro. O interessante é que só viemos saber mais tarde que, “por uma coincidência” neste dia se comemora o dia de São Francisco. Coincidência?

 Atualmente sabemos que a Fraternidade dos Franciscanos participa ativamente dos nossos trabalhos espirituais.

 Em 23/07/2003, às 20:15h reuniram-se parte das pessoas empenhadas na fundação do Núcleo Assistencial Espírita Francisco de Assis – NAEFA.

 Os médiuns viram muita luz em torno da Casa e se expandindo além dela.  Viram franciscanos, muitos índios com tochas, que foram acesas por um deles. Viram o formato do Mapa do Brasil, do qual saia um foco de luz, muitas crianças em atividade, brincando na parte de baixo. Todos se sentiram muito bem.

 Marcamos Assembléia Constitutiva para 30/07, quarta-feira, 20:00h.  O Conselho Deliberativo deverá ser participativo e todo associado fundador fará parte do Conselho, que por sua vez elegerá a Diretoria Executiva. As decisões finais serão por conta da Assembléia. Proposta de um trabalho em consenso, com muita fraternidade e harmonia.  É indispensável que o trabalhador tenha amor para doar.  Trabalho contínuo de reforma íntima.  Lembrar que melindre e maledicência fecham centro espírita.  Procurar trabalhar e compreender o outro lado, o momento que está sendo vivenciado pelo outro.  Cultivar o bom senso e respeitar as prioridades.

 

Principal orientação para nosso trabalho: Amor e Disciplina.  Procurar sempre o equilíbrio, saber conciliar. 

  

Mensagem recebida pela nossa companheira Lisete, nesta reunião:

  

“Queridos companheiros, que o amor do Cristo nos torne um.  Felicitamos a todos pelo surgimento de mais uma luz na seara do mestre.  Temos consciência das dificuldades que haveremos de encontrar para mantê-la acesa e fulgurante, mas se tivermos objetivos fraternos e amorosos sempre em vista, venceremos as dificuldades maiores e saberemos enfrentar com alegria as pequenas que porventura surjam.  Temos a esperança de um grande trabalho, a esperança de auxiliarmos nossos irmãos desesperançados da alma e do corpo.  Temos principalmente a certeza de que corações amigos se unem num objetivo comum para auxiliar o mestre em mais uma tarefa redentora: manter acesa a chama que hoje se iniciou”.

  

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL CONSTITUTIVA DE FUNDAÇÃO DO

 NÚCLEO ASSISTENCIAL ESPÍRITA FRANCISCO DE ASSIS 

 Aos 30 dias do mês de Julho do ano de dois mil e três, nesta cidade de São Paulo, no imóvel localizado no Ipiranga à Rua Mil Oitocentos e Vinte e Dois nº 473-A, reuniram-se os abaixo assinados com o elevado propósito de fundarem uma associação civil, religiosa e filantrópica, sem fins lucrativos ou vínculos políticos, que tem por finalidade o estudo, prática e divulgação da doutrina espírita, codificada por Allan Kardec, bem como, desenvolver trabalhos de assistência social e filantrópica, gratuitos, assistindo a todos sem distinção de classe, raça, credo, sexo ou nacionalidade; promoverá, também, obras de caráter beneficente de natureza educacional, cultural e assistencial. A assembléia teve início às 20 horas, com uma leitura edificante em torno do significado da palavra Caridade, segundo o apóstolo Paulo, e em seguida fêz-se uma preparação harmonizando a todos e nos ligando ao plano espiritual, a Jesus e a Deus, nosso Pai. Os presentes indicaram o sr. Edson Tadeu Quatrocchi para dirigir os trabalhos, o qual convidou a mim, Iracy Lins, para secretariar. O Presidente expôs a finalidade da reunião e colocou à apreciação dos presentes o nome e codinome da instituição, ficando aprovado por unanimidade o nome de NÚCLEO ASSISTENCIAL ESPÍRITA FRANCISCO DE ASSIS, doravante designado “NAEFA”. Em seguida foi feita a apreciação do Estatuto, onde todos puderam dar seus pareceres, o qual foi aprovado por todos os presentes. De acordo com o estatuto todos os presentes nesta reunião são chamados de associados fundadores e membros permanentes do Conselho Deliberativo. Por unanimidade foi eleito para Presidente do Conselho Deliberativo o Sr. Jorge Aguiar de Andrade Neto e para Secretário o Sr. Araken Marco Perez. Em seguida fêz-se a eleição de 3 (três) membros para o Conselho Fiscal, a saber: Flavio Sanchez, Presidente; Claudio Rossetto; Mauricio Ribeiro da Silva. Dando prosseguimento, foi constituída e eleita a primeira diretoria executiva, que terá mandato de dois (2) anos, sendo aprovados os seguintes membros: Presidente: Edson Tadeu Quatrocchi; Vice-Presidente: Floremil Villas Boas; 1ª Secretária: Iracy Lins; 2ª Secretária: Irene Fernandes Soares; 1º Tesoureiro: Walmir Carlin; 2º Tesoureiro: Wagner Alonso; Diretor de Estudos: Maria Cristina T. Morais Carlin; Diretor de Assistência Espiritual: Greice Alonso; Diretor Social: Iara Carneiro Quatrocchi. A Diretoria eleita foi empossada imediatamente. Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião da qual, eu Iracy Lins, 1ª Secretária, lavrei esta ata que vai assinada pelo presidente e por mim, seguindo logo após as assinaturas dos demais participantes desta reunião. Seguem, em anexo, lista da qualificação dos membros do Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva.